Planos de recuperação não podem desconsiderar débitos fiscais

14 de outubro de 2020

Em artigo para o Blog Fausto Macedo, do Estadão, nosso sócio Domingos Fernando Refinetti, da área de recuperação e reestruturação de empresas, comenta as consequências de aprovação de recuperação judicial para empresas sem consideração dos débitos fiscais. Para saber mais acesse: https://cutt.ly/1gdnTXn
O texto também foi replicado nos veículos Debate Jurídico, da Original 123, https://cutt.ly/4gdnYFN e Conjur, https://cutt.ly/7gdnIbZ