WZ na Legal Ethics Compliance – Lições Londrinas

18 de setembro de 2014

Em 2012, as empresas britânicas enfrentaram o desafio de planejar suas ações de hospitalidade corporativas nas Olimpíadas de Londres em meio às incertezas do que poderia ou não ser feitos de acordo com a legislação anticorrupção que há pouco havia entrada em vigor no país. Dois anos depois, as empresas brasileiras encaram uma situação bem parecida. O que podemos aprender com eles?

Por Mathew Rutter e Bruno Strunz

Fonte: Revista Legal Ethics Compliance em Junho/2014

Lições Londrinas